web

counter
 Imed

Crianças internadas

Atendimento humanizado a crianças internadas contribui na recuperação da saúde
30 SETEMBRO 2015

O Pronto-Socorro Delphina Rinaldi Abdel Aziz, na zona norte, desenvolveu e tem colocado em prática desde julho deste ano o projeto Humaniza Kids. Voltado para as crianças que são atendidas na unidade, o projeto leva diversão e lazer e tem se mostrado um valioso aliado na recuperação dos pacientes infantis.

Unidade da Secretaria Estadual de Saúde (Susam), o Pronto-Socorro Delphina Aziz é administrado pela Organização Social Imed – Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento. O atendimento humanizado que oferece é reconhecido pelos pacientes como um dos diferenciais do hospital. A unidade tem 94% de aprovação dos pacientes, segundo pesquisas internas.

O projeto Humaniza Kids ocorre desde julho e, uma ou duas vezes por mês, percorre os ambientes da unidade levando alegria ao público infantil. Personagens, super heróis e enfermeiras que usam antenas e asas de borboletas vão até os leitos, salas de medicação e recepção do PS Infantil, para um contato direto com as crianças em recuperação. "A base do projeto é a atenção, o olhar, a escuta e o aprendizado mútuo, sempre com muita criatividade", disse o organizador do projeto, Fabio Sthanke.

As atividades do Humaniza Kids, ele explica, vão além da diversão. São repassadas às crianças noções sobre a importância da higiene pessoal, como lavar as mãos, escovar os dentes e tomar banho.

O pequeno Robert, de 5 anos, estava um tanto desestimulado por estar há dois dias internado, conforme conta o pai, Rodrigo Gomes. “Ele só queria ficar deitado no leito, mas quando a equipe chegou brincando e interagindo ele abriu um sorriso. Isso pra mim, como pai, não tem preço. O projeto levanta o astral das crianças”, disse Gomes.

Natasha Nogueira Silva, de 11 anos, não vê a hora de se recuperar e ir para casa. Segundo a mãe dela, Francilene Nogueira da Silva, como toda criança, a filha gosta de brincar. “Quando o projeto chegou, minha filha estava para baixo, mas com as brincadeiras ela se reanimou”, relata Silva.

A profissional de educação física que atua no PS Delphina Aziz, Cristiane Santos, destaca o compromisso da unidade em assegurar aos seus usuários um padrão de acolhimento. As ações de humanização do Delphina Aziz estão em sintonia com as diretrizes da Política de Humanização do Sistema Único de Saúde (SUS). "A humanização do ambiente hospitalar proporciona o bem estar psíquico e físico, contribuindo para a redução do tempo de internação", destaca Cristiane.

Thaisa Oliveira, 21, acadêmica de enfermagem também integra a equipe do projeto. Ela ressalta que o tratamento humanizado é tão importante para a recuperação quanto os medicamentos e a alimentação. “A criança fica impaciente. O projeto traz alegria e elas aceitam até com mais facilidade o tratamento”, frisou.

Segundo a pediatra Fabrícia Sobrinho, médica da unidade, a mudança positiva no comportamento dos pequenos com o atendimento humanizado, se reflete numa maior colaboração na hora dos exames e nos tratamentos, melhora na comunicação e diminui a ansiedade com a internação, entre outros benefícios.  


Voltar
Todos direitos reservados | IMED - 2017 - Desenvolvido por líbero+